Assistência 24h: 0800-073-5939
73 98833-3831
73 3525-3239

Treinamento funcional e sua importância para idosos

Treinamento funcional e sua importância para idosos

A terceira idade obriga o indivíduo a lidar com uma série de limitações decorrentes da curta capacidade de fazer determinados movimentos, e os extensos cuidados com a saúde, que já não é a mesma de quando jovem. Mas isso não significa que o idoso deve ser privado de fazer exercícios, pelo contrário, é importantíssimo manter uma rotina ativa.

Os benefícios do treino funcional são muitos e eles podem ser adaptados para as necessidades dos idosos. Durante a ginástica, é importante estar ciente dos exercícios certos para a terceira idade, sem extrapolar ou descuidar durante os movimentos.

Neste artigo, vamos entender quais são os exercícios mais indicados para esse grupo. Vamos entender o porquê do treinamento funcional para idosos ser considerado uma peça importante para garantir uma melhor qualidade de vida e independência na terceira idade.

Boa leitura!

Benefícios do treino funcional para idosos

Idosos sedentários possuem mais chances de desenvolver graves problemas cardiovasculares, obesidade e diabetes, além de poderem sofrer quedas por conta da falta de equilíbrio e de outras funções motoras prejudicadas pela velhice.

Logo, o principal benefício do treino funcional, e de qualquer outro tipo de atividade física durante este período da vida, é a sua ação preventiva.

Durante o processo de envelhecimento, é natural que as capacidades funcionais do corpo, como a força muscular e a flexibilidade, tenham quedas consideráveis de rendimento. Os exercícios para a terceira idade preparam os idosos para as atividades do dia-a-dia, proporcionando mais resistência, coordenação, velocidade e equilíbrio.

Outro grande benefício do treino funcional, é que os movimentos possuem características multiplanares e multiarticulares. Isso significa que, mesmo focado em um local específico, trabalham várias partes do corpo.

O treinamento funcional para idosos pode ser feito tanto em academias, em casa ou em hospitais. Mas o ideal é sempre ter o acompanhamento de um profissional especializado, para evitar quedas e distensões musculares.

Como montar um treino funcional para idosos

O treinamento funcional para idosos deve ser montado com exercícios realizados com a ajuda de elásticos, cordas, cones, bancos, escadas, cadeiras etc.

O ideal é ter os exercícios mais parecidos com as atividades do dia a dia, como se agachar para pegar algo do chão, sentar e levantar de cadeiras, subir escadas, e tudo mais que lhe for comum.

Isso ocorre para que haja uma transferência de desempenho na hora que forem colocar em prática os movimentos.

Exercícios funcionais para terceira idade

Nós já falamos aqui no blog da Pax Nacional sobre os exercícios ideais para a terceira idade. Você pode conferir o artigo completo clicando aqui.

Então, neste artigo, vamos focar apenas no treino funcional. Utilizando pesos, e direcionando o esforço para locais específicos do corpo.

Exercícios para os membros superiores

Para estes exercícios, é preciso utilizar um determinado peso junto ao movimento. Para tanto, é possível fazer uso de halteres ou, se for feito em casa, objetos de peso, como alimentos e garrafas de água.

Os movimentos mais recomendados são as puxadas, as remadas e os supinos. Devem ser realizados com contrações rápidas.

Exercícios para o tronco e costas

Dores nas costas nessa idade são comuns, mas podem ser evitadas. Os exercícios de estabilização são os mais recomendados para essas partes do corpo. Podem ser feitas variações da ponte frontal, flexões e rotações do tronco.

Exercícios para membros Inferiores
Como os membros inferiores funcionam como base de todo o corpo, eles aguentam o peso diário e fazem a maior parte dos movimentos. Por isso, são os mais prejudicados pela velhice.

Deve-se ter um foco maior nos seguintes exercícios: agachamento, avanços, sentar e levantar, abdução, adução, extensões e flexões de quadril.

Exercícios para desenvolver equilíbrio

Para aumentar o equilíbrio os músculos tibial anterior e tríceps sural devem ser fortalecidos. Para isso, o ideal é fazer os seguintes exercícios em bases estáveis com apoio unipodal: marcha estacionária, dorsiflexão, tentar ficar na ponta dos pés.

Esses são os principais exercícios para a terceira idade, é possível criar uma rotina rápida utilizando 5 desses exercícios. Mas além desses, você pode acrescentar exercícios para desenvolver a flexibilidade, incluindo alongamentos estáticos e dinâmicos, e exercícios para a coordenação motora, que podem ser realizados na escada.

A velhice não precisa ser um momento doloroso na vida de ninguém. Exercícios físicos diários, uma boa alimentação e hobbies para manter uma vida social ativa, podem dar autonomia e qualidade de vida para o idoso.

Agora que você já conhece os benefícios do treinamento funcional para idosos, que tal acrescentá-lo na sua vida? Até a próxima!

Este conteúdo foi útil para você? Deixe seu comentário, curta e compartilhe; seu feedback é muito importante para nós. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter. Até a próxima!

Cadastre-se para receber novidades

Pax Nacional

Atendimento

Assistência 24h: 0800-073-5939

73 98833-3831

73 3525-3239

falecom@grupopaxnacional.com.br