Assistência 24h: 0800-073-5939
73 98833-3831
73 3525-3239

05 exercícios físicos para gestantes

05 exercícios físicos para gestantes

Você com certeza já se perguntou: uma mulher grávida pode fazer exercícios físicos? Se sim, quais exercícios grávidas podem fazer?

A resposta para a pergunta inicial é sim. Os exercícios físicos durante a gravidez não só auxiliam na saúde da gestante e do bebê, como ajudam a facilitar o processo do parto mais adiante. Afinal, o parto é um dos momentos de maior tensão e ansiedade de toda a gestação, por isso, para que tudo ocorra da melhor maneira possível, é preciso se preparar.

Os exercícios podem ser iniciados em qualquer fase da gestação e são bem específicos. Então, antes de começar a nossa lista, é sempre bom lembrar que, apesar de ser uma boa ajuda, os exercícios não devem ser feitos sem a supervisão de um profissional especializado. Lembrando, também, que existem casos em que os exercícios são desaconselhados.

De maneira geral são atividades leves que ajudam na diminuição do estresse e da ansiedade. Quer conhecer os exercícios físicos ideais para ajudar gestantes na dilatação durante o parto? Continue lendo!

Quais exercícios grávidas podem fazer?

1. Caminhada

Esse é o exercício mais básico que praticamente todas as mulheres grávidas podem fazer. Inclusive, é o mais ideal para aquelas que, até então, levavam uma vida sedentária.

A gestante pode caminhar diariamente, em locais seguros, sem grandes riscos de queda, e quando o sol não está muito forte. É preciso tomar cuidado com as roupas, que devem ser leves e elásticas, com o tênis, que deve ter um bom amortecimento, e com a hidratação.

Esse é também o principal exercício para ajudar na dilatação durante o parto. Com certeza você já ouviu esse aconselhamento por parte das enfermeiras e obstetras.

2. Pilates

O pilates é o tipo de exercício ideal para qualquer pessoa, em qualquer fase da vida. Isso porque esse tipo de alongamento melhora a respiração, a frequência cardíaca, fortalece os músculos e corrige a postura. Tudo que uma mulher grávida precisa para se sentir bem.

Com o devido acompanhamento, o pilates pode ser praticado até 3 vezes por semana.

3. Hidroginástica

Exercício ideal para reduzir dores e inchaço nos pés e nas pernas, comum durante os últimos meses de gestação. Também é uma ótima opção para reduzir a dor no fundo das costas.

É o tipo de exercício para ajudar na dilatação das mulheres que escolhem fazer o parto na água. Uma ótima preparação.

4. Alongamentos

O pilates por si só já é um tipo de alongamento, mas outros tipos também podem ser feitos. Aliás, eles são indicados. Podem ser realizados diariamente, até o nascimento.

Eles devem ser realizados com cuidado e de maneira leve. A medida que a gestante for desenvolvendo elasticidade, a dificuldade dos exercícios podem ir aumentando.

Caso a grávida sinta qualquer desconforto fora da movimentação natural do exercício, a atividade deve ser interrompida e deve-se buscar auxílio médico.

5. Bicicleta ergométrica

A bicicleta ergométrica é um ótimo exercício para frequência cardíaca e circulação da gestante. É também o exercício ideal para as mulheres que já estavam acostumadas com uma rotina de exercícios e não querem ficar paradas.

Mas atenção, esse é o único exercício da lista que não pode ser feito durante toda a gestação. Conforme o tamanho da barriga, a realização deste exercício pode se tornar difícil e perigosa.

Pode ser realizado de 3 a 5 dias por semana, durante os 2 primeiros trimestres da gestação.

Exercícios que grávidas NÃO podem fazer

Agora que você já sabe que grávidas podem fazer exercícios e quais elas podem fazer, está na hora de saber quais NÃO são indicados durante uma gestação. E, basicamente, são exercícios de grande impacto, visto que eles podem causar dores e até mesmo prejudicar o bebê.

Abdominais, lutas como jiu-jitsu, exercícios com salto, jogos que envolvam bola, corrida extenuante e musculação pesada, são perigosos tanto para a gestante quanto para o bebê.

Lembramos, mais uma vez, que a definição de quais exercícios e a prática deles depende de uma avaliação e orientação médica. Mulheres que estão passando por gravidez de risco e possuem o repouso aconselhado, não devem fazer nenhum exercício. Para facilitar o parto, o obstetra responsável irá encontrar outras soluções.

 

E já que você chegou ao final deste artigo, aproveite para conferir nosso artigo especial sobre os exercícios ideais para a terceira idade.

Até a próxima!

Esse conteúdo foi interessante para você? Escreva nos comentários o que achou do nosso conteúdo. Assine nossa newsletter e fique por dentro de todos os conteúdos que publicamos!

Cadastre-se para receber novidades

Pax Nacional

Atendimento

Assistência 24h: 0800-073-5939

73 98833-3831

73 3525-3239

falecom@grupopaxnacional.com.br