Assistência 24h: 0800-073-5939
73 98833-3831
73 3525-3239

O que são alimentos ultraprocessados e porque você deve evitá-los

O que são alimentos ultraprocessados e porque você deve evitá-los

Diante da correria do dia a dia, principalmente as limitações de trabalhar em casa, horário de aula online e outros compromissos, costumamos optar por consumir alimentos mais práticos e convenientes, como lanches, fast food, alimentos processados ​​e alimentos ultraprocessados ​​em geral.

No entanto, esses alimentos podem ser prejudiciais à saúde porque representam um perigo, especialmente quando se tornam uma dieta diária ou são consumidos em excesso.

Portanto, para garantir a saúde de você e de sua família, a Pax Nacional preparou um artigo explicando os malefícios dos alimentos ultraprocessados e os motivos pelos quais você deve evitá-los.

Fique conosco e confira!

O que são alimentos ultraprocessados?

Antes de mais nada, é importante entendermos como funciona a classificação dos alimentos conforme a transformação que passam até chegar a sua mesa.

Confira todas as categorias com base no grau de processamento e confira as mais seguras.

Alimentos frescos ou menos processados

Esses alimentos que não passaram por mudanças industriais ou por modificações mínimas após saírem do ambiente natural, como refrigeração, limpeza e processo de aumento de durabilidade.

Nesta categoria, encontram-se: vegetais, frutas, tubérculos e alguns de origem animal (ovos, leite, músculo, carne e vísceras).

Ingredientes culinários

São alimentos e ingredientes extraídos de alimentos naturais por meio do processo de fabricação para que possam ser convertidos em preparações culinárias, como sal, açúcar, gorduras e óleos de origem vegetal ou animal para dar sabor a outros alimentos.

Quanto menos refinado ou processado, melhores serão os ingredientes para sua saúde.

Alimentos Processados

São basicamente alimentos feitos com vinagre, óleo, sal ou açúcar para aumentar sua vida útil e durabilidade.

Por exemplo, são alimentos como: bacon, vegetais enlatados, cereais, peixes, nozes salgadas, frutas em calda, pão e queijo.

Alimentos Ultraprocessados

Como o nome sugere, alimentos ultraprocessados ​​referem-se a alimentos que passam por diversas técnicas e processos de fabricação até entrarem no mercado.

Portanto, os alimentos em nossa mesa são constantemente processados ​​e adicionados de muitos ingredientes como açúcar, sal, extratos de carne, gordura, soja e / ou proteína do leite.

Além de outras substâncias, como conservantes, adoçantes, fermentos, aromatizantes, corantes, etc., suas fontes são geralmente sintetizadas em laboratório a partir de alimentos ou outras fontes orgânicas (como petróleo e carvão).

Estes alimentos são muito fáceis de consumir e extremamente prejudiciais à saúde, ou seja, por alterarem a nossa palatabilidade, causarão um consumo excessivo, prejudicando assim o processo de apetite e saciedade.

É importante lembrar que os alimentos ultraprocessados ​​também apresentam baixo teor de micronutrientes como minerais, sal, vitaminas, fibras e água, o que leva à má alimentação e promove o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis relacionadas às deficiências nutricionais.

Alguns exemplos de alimentos ultraprocessados

Para exemplificarmos alimentos ultraprocessados, podemos citar:

  • refrigerantes;
  • enlatados;
  • biscoitos recheados;
  • embutidos;
  • pratos congelados;
  • mistura para bolos ou bolos prontos;
  • preparações instantâneas;
  • salgadinhos;
  • macarrão instantâneo;
  • temperos prontos;
  • margarinas;
  • achocolatados e outras guloseimas em geral.

Como estes alimentos afetam nossa saúde?

Como mencionado anteriormente, os alimentos ultraprocessados ​​são pobres em micronutrientes, ou seja, não possuem valor nutricional alto e podem conter substâncias prejudiciais ao organismo.

Além disso, pelo sabor e pela praticidade que proporcionam, costumam ser consumidos em excesso no dia a dia da maioria das pessoas.

Como resultado, além de outros ingredientes, a ingestão de mais calorias, gordura, sal, açúcar e outros ingredientes, se ingeridos de forma descontrolada, causará muitos problemas de saúde.

Por que você deve evitá-los?

  • Os alimentos ultraprocessados devem ser evitados, pois:
  • Eles prejudicam os mecanismos que indicam o apetite e a saciedade;
  • Favorecem o desenvolvimento de intolerância alimentar e alergias;
  • Causam o acúmulo de gordura;
  • Causam doenças gastrointestinais;
  • Eles não apenas danificam e agravam a função dos rins, mas também prejudicam a função do fígado.
  • Facilitam o desenvolvimento de doenças como obesidade, diabetes, hipertensão, asma, depressão, vários tipos de câncer (câncer de mama e outros tumores), intestino irritável, ataque cardíaco e acidente vascular cerebral (derrame).

Além desses agravos à saúde, devido à baixa ingestão de nutrientes (vitaminas e minerais), a ingestão de alimentos ultraprocessados ​​também pode levar à desnutrição e anemia.

Portanto, nada melhor do que evitar alimentos ultraprocessados ​​e adotar uma alimentação balanceada e nutritiva para melhorar sua saúde e evitar todos os riscos que esses alimentos trazem.

Esperamos ter trazido informações relevantes para você com este conteúdo! Toda semana trazemos novos artigos sobre saúde, comportamento e bem-estar. Se você gostou ou gostaria de acrescentar uma opinião, basta deixar seu comentário logo abaixo que ficaremos muito felizes com a sua interação!

Cadastre-se para receber novidades

Pax Nacional

Atendimento

Assistência 24h: 0800-073-5939

73 98833-3831

73 3525-3239

falecom@grupopaxnacional.com.br