Assistência 24h: 0800-073-5939
73 98833-3831
73 3525-3239

Tosse seca e persistente: causas e tratamentos

Tosse seca e persistente: causas e tratamentos

Todos já tivemos acessos de tosse por diferentes motivos, nem sempre está relacionado a gripes ou resfriados. A tosse é um dos nossos mecanismos naturais de defesa; ela é ativada quando o organismo precisa eliminar seres estranhos ou irritantes que atacam as vias aéreas.

Pode ser apenas um reflexo combinado a outros sintomas, como inflamação na garganta, febre, espirros e coriza, ou pode vir de forma “solitária”, seca (com pouca ou nenhuma produção de muco) e cansativa, tendo picos à noite.

Esse segundo tipo de tosse pode ser causado por diversos fatores e, quando persistente, deve ser investigada. A parte boa é que, além dos xaropes tradicionais de farmácia, você também pode utilizar xaropes caseiros para tosse seca.

Neste artigo, vamos listar as causas da tosse seca e persistente, e vamos dar dicas de tratamentos para tosse seca, incluindo a receita de um xarope caseiro.

Boa leitura!

Causas da tosse seca

Esse artigo tem a intenção apenas de informar, ele não pode substituir o atendimento e a receita médica. Se você está com tosse seca e persistente por mais de 2 semanas, com a presença de outros sintomas, é fundamental procurar a ajuda de um profissional e iniciar o tratamento adequado.

Alergia

A tosse seca, como já mencionamos, pode ter diferentes causas. A mais comum, no entanto, é a reação alérgica que causa irritação na garganta (uma sensação de coceira). Normalmente está relacionado a poeira, pelos de animais domésticos, pólen de flores e, até mesmo, mudanças climáticas bruscas.

Gripe e resfriados

Gripes e resfriados também podem ser uma das causas da tosse seca. Apesar de ser comum o acompanhamento de coriza e outros sintomas, como febre e mal-estar geral, a tosse da gripe e do resfriado pode se tornar seca, já no final da infecção por vírus e bactérias.

Refluxo esofágico

Essa é uma causa que deve ser investigada e tratada mais a fundo. Chamamos de refluxo esofágico quando o suco gástrico do estômago irrita o esôfago provocando a inflamação da laringe. Deve ser tratado com a ajuda de um profissional especializado.

Tabagismo

Um dos sinais mais comuns de indivíduos que fumam há muito tempo, é a tosse característica do fumante. Como já sabemos, a nicotina e a fumaça do fumo causam irritação na garganta e obstruem os pulmões. Como consequência, existe o estímulo do reflexo da tosse. O fumo pode levar a sérias consequências, piorando quadros de inflamações das vias aéreas progressivamente.

Asma

Além da tosse seca, quando falamos sobre a asma outros sintomas são: falta de ar e chiado ou ruído ao respirar e tossir.

Problemas cardíacos

A insuficiência cardíaca (quando o coração não consegue bombear sangue ou encher-se de sangue adequadamente) pode causar o acúmulo de líquido nos pulmões o que, consequentemente, pode causar tosse. Lembramos, sempre, que a insuficiência cardíaca, ou qualquer outro problema cardiovascular, é um grave problema que precisa de acompanhamento médico.

Tuberculose

Uma das causas da tosse seca mais grave é a tuberculose. Infecção viral que já foi, inclusive, motivo de epidemias mundo afora. A tosse seca e persistente que dura mais de três semanas deve ser investigada com a possibilidade de ser tuberculose. O tratamento é longo e deve ser respeitado (mesmo que já tenha sentido a melhora da tosse), já que a tuberculose pode levar à morte.

Tratamento para tosse seca

Como vimos, a tosse seca e persistente pode estar relacionada a doenças mais graves, por isso todo tratamento deve ser feito com a indicação adequada. No caso de tuberculose, por exemplo, o tratamento é feito com antibióticos por cerca de seis meses, ou seja, o acompanhamento médico é indispensável.

Se a suspeita é de que a tosse esteja relacionada a alergias, é importante beber muita água, para manter a garganta hidratada, e evitar ambientes secos. Além disso, o tratamento envolve o uso de anti-histamínicos, respeitando a indicação de doses constatadas na bula do medicamento.

Além dos farmacêuticos, a tosse seca e persistente pode ser tratada com remédios caseiros e naturais. Uma dica é fazer uso de hortelã (pode ser em chá ou em sua forma crua), já que ela possui ação tranquilizante, antitússica, mucolítica, expectorante e descongestionante.

Separamos para você outras 2 dicas de xarope caseiro para tosse, confira a seguir.

Xarope caseiro para tosse

Mel com limão e própolis

Já bem conhecido da população brasileira, o xarope caseiro preparado com mel, limão e própolis é uma ótima indicação para aliviar a irritação da garganta. O xarope pode ser tomado de 3 a 4 vezes por dia até que os sintomas desapareçam. A nossa dica é que ele seja consumido quente no início da noite.

Para preparar, você irá precisar de 8 colheres de sopa de mel, 8 gotas de Extrato de Própolis e o suco de 1 limão médio. Basta adicionar todos os ingredientes juntos e mexer bem com uma colher.

Eucalipto com Mel

O eucalipto é uma ótima opção natural para tratar gripes e resfriados, assim como a asma e até mesmo a alergia. Esse xarope caseiro para tosse pode ser tomado de 3 a 4 vezes por dia.

Você irá precisar de: 1 colher de chá de folhas picadas de Eucalipto; 1 xícara de água fervente e 1 colher de sopa de mel. Em um recipiente, coloque as folhas de eucalipto, o mel e cubra com água fervente. Depois que a mistura repousar por cerca de 15 minutos, coe o líquido. ( Se você não tiver as folhas de eucalipto, você pode substituir por 3 a 6 gotas do óleo essencial de eucalipto).

Se você não gosta de beber chá, as mesmas receitas apresentadas neste artigo, incluindo o uso da hortelã, podem ser feitas em formato de inalação.

Gostou das nossas dicas? Aqui no blog da Pax Nacional você encontra muito mais sobre saúde e bem-estar. Não deixe de conferir!

Este conteúdo foi útil para você? Deixe seu comentário, curta e compartilhe; seu feedback é muito importante para nós. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter. Até a próxima!

Cadastre-se para receber novidades

Pax Nacional

Atendimento

Assistência 24h: 0800-073-5939

73 98833-3831

73 3525-3239

falecom@grupopaxnacional.com.br