Assistência 24h: 0800-073-5939
73 98833-3831
73 3525-3239

As melhores opções de tratamento para varizes nas pernas

As melhores opções de tratamento para varizes nas pernas

Você sofre ou conhece alguém que sofre com as varizes? Muito comuns na terceira idade, as varizes não são apenas uma causa de desconforto estético, muitas vezes elas denunciam que algo não vai bem na circulação do sangue venoso, e precisam de uma atenção vinda do angiologista.

Hoje em dia já existem diversos tratamentos, com diferentes técnicas, para as varizes nas pernas, coxas, joelhos e pés. A escolha do melhor tratamento depende do quadro clínico do paciente, já que, apesar da principal reclamação ser estética, algumas pessoas também acabam sofrendo com dores, inchaço e coceira.

Quer conhecer os principais tratamentos disponíveis nos consultórios hoje? Continue lendo!

O que são as varizes e como elas se formam

As varizes são nada mais do que vasos sanguíneos dilatados e tortuosos. Normalmente, as veias acometidas são as dos membros inferiores (pés, pernas e coxas).

Isso ocorre quando o indivíduo apresenta problemas na circulação sanguínea, principalmente durante a volta do sangue dos pés e pernas até o coração.

Quando o sangue é bombeado pelo coração para dentro das artérias e levado por todas as partes do nosso corpo, o movimento de “queda” do sangue do coração para os pés é naturalmente mais fácil. Mas na hora de voltar dos pés para o coração, as veias precisam desenvolver um esforço muito grande.

Em pessoas saudáveis, as válvulas venosas que direcionam o sangue para cima se abrem para o sangue passar e se fecham para não permitir que o sangue retorne. Mas em pessoas com problemas de circulação, seja pela idade ou por fatores hereditários, as veias acabam perdendo a elasticidade, apresentando dilatação e dificuldade de fechar as válvulas de forma mais eficiente. Isso causa um “refluxo” de sangue, que leva à formação das varizes.

Dependendo da fase em que se encontram, podem ser de pequeno, médio ou de grande calibre. Em alguns casos provocam apenas desconforto estético.

Sintomas

Na grande parte dos casos, a principal queixa é estética. Quando as veias dilatam, elas ficam bem visíveis na pele, causando “linhas” azuladas e avermelhadas.

Dito isso, alguns casos podem apresentar outros sintomas que acabam causando desconforto para além da estética. A Veja quais são:

  • Veias azuladas e avermelhadas muito visíveis abaixo da pele;
  • Sensação de queimação nas pernas e planta dos pés;
  • Inchação, especialmente nos tornozelos ao final do dia;
  • Prurido ou coceira;
  • Sensação de fadiga nas pernas;
  • Câimbras.

Possíveis Complicações

Como mencionamos anteriormente, a maior parte dos casos não evolui para quadros de saúde e se mantém unicamente na questão estética. Mas em casos mais agressivos, quando as varizes não são tratadas de forma adequada, elas podem progredir e desenvolver algumas complicações. Veja a seguir:

  • Eczema;
  • Dermatite;
  • Flebite e trombose;
  • Pigmentação e escurecimento da pele;
  • Hemorragias;
  • Úlceras.

Qual o melhor tratamento para varizes?

Existem diversas técnicas para o tratamento de varizes. Mas todo caso é um caso. O melhor tratamento para varizes nas pernas, portanto, é aquele que o angiologista achar mais adequado para o caso em questão.

Veja algumas opções:

Laserterapia

A laserterapia funciona com o laser convertendo a energia luminosa em energia térmica, aquecendo e destruindo a parede do vaso sanguíneo, com um efeito instantâneo, melhorando a aparência da pele com varizes.

O tratamento é bem rápido, dura apenas 20 ou 30 minutos por sessão, e não é doloroso. Os resultados são ótimos, mas não são “permanentes”. O tratamento não funciona como cura e sim como remediação para a questão estética unicamente.

Depois de passar pelas sessões, é fundamental evitar a exposição direta ao sol, utilizando sempre um filtro solar.

Escleroterapia com espuma

Este tipo de tratamento consiste na aplicação da espuma de polidocanol diretamente nas varizes, fechando as veias. É recomendado para varizes de pequeno calibre (vasinhos de até 4mm de diâmetro ou microvarizes), sendo considerado bastante eficaz e praticamente definitivo.

Após a aplicação do tratamento, é recomendado utilizar meias elásticas de compressão, para melhorar a circulação e diminuir a chances das varizes aparecerem novamente.

A escleroterapia com espuma não deve ser feita por mulheres grávidas, idosos ou por pessoas que tenham histórico de embolia pulmonar.

Escleroterapia com glicose

Praticamente igual ao tratamento anterior, a escleroterapia com glicose consiste na aplicação da glicose diretamente nas varizes, até que elas desapareçam.

A glicose aplicada é facilmente absorvida pelo organismo, o que diminui significativamente as chances de complicações ou alergias durante ou após o tratamento. Dito isso, pessoas com diabetes não podem passar por esse tratamento.

Remédios de farmácia

Na farmácia é possível encontrar comprimidos e pomadas à base de diosmina e hesperidina, que contém ação anti-inflamatória e proteção vascular.

Os medicamentos ajudam a melhorar a circulação e, consequentemente, diminuem os sintomas associados às varizes.

Lembramos que nenhum tipo de medicamento deve ser utilizado sem a indicação e orientação de um angiologista. Entenda o que é a hepatite medicamentosa.

Cirurgia

Em casos muito graves, que são raros, a cirurgia pode ser indicada. Neste caso, o paciente precisa ter varizes muito grossas (com mais de um dedo de calibre), que estejam gerando sintomas como inchaço nas pernas, dor e coceira intensa.

Tratamento natural

Algumas pessoas conseguem ver bons resultados ao fazer uso de tratamentos naturais, que tenham relação com a nutrição.

A castanha da Índia, por exemplo, melhora a circulação sanguínea e pode ser recomendada como um tratamento complementar àquele indicado pelo médico.

Fitoterápicos, como a Novarrutina e o Antistax, também são utilizados para aliviar a dor e o inchaço das pernas.

Em todos os casos, seja qual for o tratamento indicado pelo angiologista, é importante seguir algumas recomendações para que os resultados sejam eficazes, como usar meias elásticas de compressão diariamente, colocar um calço no pé da cama para melhorar a circulação e praticar algum exercício físico.

Veja aqui exercícios funcionais para idosos!

Aliás, a combinação de uma boa alimentação e a prática diária de exercícios físicos é a melhor forma de prevenir as varizes e outros problemas de circulação sanguínea. Aqui no blog da Pax Nacional você encontra algumas dicas de saúde que você pode aderir no seu dia a dia. Não deixe de conferir!

Gostou deste conteúdo? Então, antes de ir, nos mande um feedback nos comentários. Para receber novos conteúdos em primeira mão, assine a nossa newsletter!

Cadastre-se para receber novidades

Pax Nacional

Atendimento

Assistência 24h: 0800-073-5939

73 98833-3831

73 3525-3239

falecom@grupopaxnacional.com.br